Início / Notícias / Cultura / 13 de julho é dia de celebrar o rock n’ roll

13 de julho é dia de celebrar o rock n’ roll

Dia 13 de julho é o dia de você tirar aquele seu disco de vinil preferido e colocar a vitrola ou o toca discos para funcionar no volume mais alto, pode ser do U2, Rolling Stones, Led Zeppelin, The Doors, Queen, Iron Maden, Metálica, Black Sabbatth, Elvis Presley, bom, a banda vai da sua preferência, mas o estilo só pode ser o rock’n roll, já que na data é comemorado o Dia Mundial do Rock.

O rock ganhou um dia só dele em 13 de julho de 1985, data em que aconteceu o festival Live Aid, em Londres e na Filadélfia. “O rock começou a entrar em minha vida no ano de 1984, quando comecei a ouvir discos com meu amigo Leandro Pironcelli, companheiro de 6º série na escola Henrique Morato. Lembro como se fosse hoje quando ouvi Iron Maiden pela primeira vez.  Ele levou o álbum “The Number Of The Beast”na minha casa. Então em janeiro de 1985 aconteceu a primeira edição do Rock In Rio, o que me deixou absolutamente fascinado pelo mundo do rock’n roll. Hoje também participo de duas bandas de rock (Brimstone e Los Cabrones). Para mim o rock é o ar que eu respiro”, explica Fábio Tieni.

Apesar de ser conhecido como o Dia Mundial do Rock, ele não é comemorado mundialmente, apenas no Brasil. “Na cultura do Brasil acredito que o rock é de fundamental importância. O estilo sempre se caracterizou por ser uma música de protesto, e sempre teve e terá algo a dizer e ensinar. Na década de 80 você ligava o rádio e sempre estava tocando um dos grandes sucessos do rock nacional ou internacional”, ressalta o músico.

“Todo dia é dia de rock para quem gosta. Vamos aproveitar o gancho da data, abraçá-la e comemorá-la. Poxa, é uma baita oportunidade para ajudar nesse processo de popularização do rock em nosso País e uma forma de dizer ‘ei estamos aqui, o rock está vivo’, penso assim”, declara Fábio Tieni.

Então marca aí na agenda, no dia 13 de julho, ouça um bom e velho rock, pode ser no vinil, no toca fitas, no CD, no pen drive, como pouca importa, o que vale mesmo é aumentar o som e aproveitar esse dia para celebrar e muito esse estilo tão amado por todos nós, e que deixa todos os dias um rastro de estrelas na sua calçada da fama.

 

(Renata Bottura)

Veja Também

Estado brasileiro reduz pouco as desigualdades, diz estudo

Apesar de arrecadar mais tributos que governos semelhantes, o Brasil é ineficaz em reduzir a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *