Início / Entretenimento / Decoração / Alguns erros cometidos na hora de construir, reformar ou decorar

Alguns erros cometidos na hora de construir, reformar ou decorar

Por Sheilla Moraes- Designer de interiores

 

Construir, reformar ou decorar a nossa casa não é uma tarefa tão fácil assim, mas, pode ser divertida, afinal não há nada melhor do que ter a casa com a nossa cara. Muitas vezes, o trabalho pode também ser árduo. Com tantos detalhes na hora de escolher pisos, revestimentos, comprar móveis, pintar paredes e escolher os acabamentos finais é muito fácil errar e arruinar um projeto que, teoricamente, parecia perfeito. Antes de começar a sonhar e projetar seu lar doce lar, confira alguns erros comuns que as pessoas cometem e passe longe deles.

Achar que pode fazer tudo sozinho, e provavelmente você está com um painel no Pinterest recheado de projetos bacanas de faça-você-mesmo e cheio de energia para colocar a mão na massa. Mas vamos ser realistas, será que você consegue trabalhar, estudar, viver e ainda por cima pintar as paredes, reformar móveis, instalar luminárias e passar todos os dias para conferir a obra tudo ao mesmo tempo? Então antes de se jogar no faça-você-mesmo, avalie o grau de dificuldade e o investimento de tempo e dinheiro que você está colocando no seu projeto. Assim você não estoura o orçamento, outro erro gravíssimo. Faça uma lista das prioridades, monte um cronograma se for obra ou reforma com cada uma das etapas, assim você vai ter uma ideia de quanto vai gastar, porque não adianta gastar muito em uma etapa ou uma pequena fortuna em um sofá incrível de design, e ter que dormir com o colchão no chão.

Comprar os acabamentos antes ou todos os móveis de uma vez só, sabemos que a animação é tanta que você quer ver tudo pronto e lindo rápido, mas é receita para arrependimento. A vantagem de comprar aos poucos é que você tem tempo para “sentir” o espaço e avaliar as necessidades do seu dia-a-dia. Assim pode evitar erros como comprar uma mesa de jantar maior do que você precisa ou que vai caber no ambiente.

Proporções e escalas são essenciais, o ambiente pode ser simples, mas tamanhos pensados com atenção podem torná-lo visualmente mais agradável que um ambiente com peças caras, por exemplo. Se você está comprando algum móvel pela internet, leia os tamanhos na descrição e visualize-os no ambiente, tente fazer uma simulação. Tente pensar na circulação, sofás pequenos também podem ser confortáveis, é só escolher o modelo certo. Comprar um sofá grande demais pode prejudicar a circulação do espaço, não atendendo à necessidade do ambiente. Em um quarto pequeno, use apenas um criado-mudo e considere cabeceiras diferenciadas, com menos volume. A circulação é um elemento essencial para o conforto.

A iluminação é muito importante, tanto a luz natural, como luzes de apoio e iluminação decorativa trazem calor ao ambiente, tornando-o mais confortável, além de possibilitar variações de uso e cenários. Então na hora de escolher ou projetar a iluminação peça a ajuda de um profissional da área, pois uma bem projetada pode mudar toda a décor de sua casa.

 Muito cuidado para não atulhar paredes e estantes, é verdade que o jeito mais rápido de você colocar sua personalidade em um espaço é expondo seus objetos queridos, seus tesouros particulares, mas lotar paredes e estantes com pequenos objetos decorativos, lembranças de viagens e quadros, pode deixar o ambiente confuso.
Escolha uma parede para ser o ponto focal e comece fazendo uma composição interessante por ela. E não deixe o ambiente todo combinado, onde os móveis são todos do mesmo conjunto, as cores da mesma família, os acabamentos do mesmo material, isso torna o ambiente sem personalidade. Para criar interesse visual ouse e misture. E para não errar, escolha uma base neutra (cinza é o novo bege) misture cores, estampas e estilos em acabamentos, objetos decorativos e acessórios. Fique atendo a esses detalhes e tenha um lar-doce-lar!

Veja Também

Prelúdio – O primeiro passo

Por Sheilla Moraes – Designer de Interiores   Adoro as voltas que o mundo dá…. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *