Início / Notícias / Esportes / Basquete matonense é campeão dos Jogos Regionais

Basquete matonense é campeão dos Jogos Regionais

Time venceu todas as partidas no Ginásio de Esportes ‘Décimo Chiozzini’

O basquete masculino de Matão venceu todas as partidas dos Jogos Regionais, conquistando, além da medalha de ouro, o troféu de campeão da 62ª edição do evento.

Foram cinco disputas: a primeira contra Rincão, com o placar 121 a 37; a segunda contra Barretos, 83 a 44; a terceira contra Altinópolis, 116 a 27; a quarta contra Franca, 75 a 61; e a quinta contra Ribeirão Preto, 65 a 56.

Os jogos aconteceram nos dias 22, 23, 24, 26 e 27 de julho, no Ginásio de Esportes ‘Décimo Chiozzini’. O técnico da equipe, Flavio Lizeo, explica à que atribui a excelente campanha na competição.

“À análise de quadra das outras equipes. Ao mesmo tempo que a gente jogava contra uma equipe, estudava as outras. A gente foi adaptando a característica de cada time ao nosso. Trabalhamos isso nas trocas, na defesa e no ataque”, revela o técnico.
O time campeão é formado por Rafael Milhossi (armador); Leonardo Goiano, Ricardo Pizza, Danielton Garcia, Henrique Bertoni, Julio Toledo e Vagner Amorim (laterais); Mateus Gorgatti, Norberto Silva, Gabriel Dedão e Clodoaldo Santana (pivôs). Além de Flavio Lizeo, na comissão técnica tem os assistentes Rafael Mauro e Bruno Vidal.

Flavio destaca a presença do público nas partidas da competição. “Muitas pessoas foram, vestiram a camisa e torceram. Isso mostra a aceitação do público, em grande parte, devido à história. Nos anos 80, o Estoril fez uma bela campanha no Campeonato Paulista. Por isso fizemos uma homenagem ao time vestindo a réplica do uniforme de 1983”.

Na história dos Jogos Regionais, essa é a segunda vitória do basquete matonense. A primeira foi em 1988. “Na nossa região tem Franca, Araraquara e Ribeirão Preto, que revelam jogadores para o cenário nacional e internacional”, justifica Flavio, para quem vencer times fortes é um grande desafio.

Após os Jogos Regionais, o basquete matonense segue na Liga Regional de Ribeirão Preto, iniciada em março. O próximo jogo será contra Ibirá, no dia 11 de agosto, em Matão. Para o novo desafio, o time não será o mesmo. “70% do time será mantido e os novos jogadores são reforços. Os 30% que saíram podem retornar para a disputa dos Jogos Abertos, que vai começar em novembro”, afirma Flavio.

O técnico fala ainda dos planos maiores. “A gente almeja jogar um Campeonato Paulista em 2019, visando um planejamento para disputar um NBB daqui a cinco anos. Basquete é um esporte que não é tão caro e Matão precisa de um esporte de alto nível, não só pela representatividade, mas porque a população gosta. Isso é muito importante para a cidade demandar futuramente uma equipe jogando campeonatos de primeira divisão”.

O time de Matão é mantido por patrocinadores que contribuem com R$ 150 por mês. A AMPAB (Associação Matonense de Pais e Amigos do Basquete) é a gestora dos patrocínios. Além disso, a equipe recebe o apoio da Prefeitura em despesas como materiais esportivos e viagens. “Precisamos de mais patrocínios para bancar os atletas. Os interessados podem entrar em contato pelo telefone 3382-3147”, conclui Flavio.

 

  •  Natali Galvão

Veja Também

PIB cresce 1,6% no trimestre encerrado em agosto

 O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que é a soma de todos os bens e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *