Início / Notícias / Cidade / Campanha de vacinação contra sarampo e pólio ainda tem baixa cobertura

Campanha de vacinação contra sarampo e pólio ainda tem baixa cobertura

‘Dia D’ é neste sábado (18). Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Matão e São Lourenço do Turvo vão funcionar das 8h às 17h

Já faz alguns dias que começou a campanha de vacinação e muitas crianças ainda não foram vacinadas contra a pólio e o sarampo. Um balanço preliminar do Ministério da Saúde mostra que, até na terça- feira (14), foram aplicadas 3,6 milhões de doses das vacinas em crianças de todo o país. A expectativa do Ministério é vacinar pelo menos 11 milhões de crianças de 1 a 5 anos incompletos até o dia 31 de agosto, data do encerramento da campanha, iniciada no dia 6 deste mês.

O Ministério alerta aos pais que a vacina é a forma mais eficaz de inibir o reaparecimento dessas doenças, que já eram consideradas eliminadas no país. Para garantir a cobertura total contra o sarampo, mesmo as crianças de até 5 anos que já tomaram alguma dose da vacina poderão ser imunizadas com a vacina tríplice viral.

Segundo o pediatra Dr. Luis Cerqueira, é muito importante ficar atento ao calendário de vacinação das crianças. “Procurar seguir o calendário e realizar a vacina nos períodos indicados traz mais benefícios à criança. Lembrando que a vacinação é gratuita e, na maioria das vezes, em crianças que estejam com febre, gripadas ou com outros sintomas, a vacina pode ser aplicada, porém quem irá fazer essa avaliação sempre será a equipe de saúde”, relatou.

No caso da poliomielite, crianças que nunca tomaram nenhuma dose na vida receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Já as crianças menores de cinco anos, que já tomaram pelo menos uma dose da vacina, receberão apenas a gotinha (Vacina Oral Poliomielite).

“Os adultos com até 29 anos que não tiverem completado o esquema na infância devem receber duas doses da Tríplice Viral e adultos com idade entre 30 e 49 anos devem receber uma dose da Tríplice Viral. O adulto que não souber sua situação vacinal deve procurar o posto de saúde mais próximo para tomar as doses previstas para sua faixa etária”, relata o médico.

O ‘Dia D’ da mobilização nacional será neste sábado (18). As Unidades Básicas de Saúde de São Lourenço do Turvo e Matão, exceto no bairro Las Lomas por não possuir sala de vacinação, vão funcionar das 8h às 17h.

Nesta data, o grupo prioritário será de crianças de 12 meses a menores de 5 anos. A caderneta de vacinação deve ser apresentada no local para anexar o comprovante da vacina e para atualização.

A campanha nacional de vacinação vai até o dia 31 de agosto e quem precisa ser imunizado deve procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 15h30. Pessoas com suspeita de sarampo, gestantes, bebês menores de 6 meses e imuno comprometidos não devem receber a vacina.

Carreata com Zé Gotinha
Visando alertar a população sobre a importância da vacinação contra sarampo e poliomielite, a Prefeitura de Matão, por meio da Secretaria de Saúde, realizou a carreata com o Zé Gotinha no último sábado (11). A ação foi uma parceria com o Rotary Clube Matão e Rotary Clube Matão – Terra da Saudade, com patrocínio da Predilecta. Os participantes do evento saíram do estacionamento do Conjunto Poliesportivo ‘Lart José Tarallo Mendes’, passando por vários locais da cidade e finalizando na Rua Itápolis, em frente à Secretaria de Esportes, Lazer, Turismo e Juventude.

 

  • Jéssica Karoline

 

 

Veja Também

‘Almoço da Solidariedade’ reuniu cerca de 700 pessoas

Segunda edição do evento foi sucesso de público no Lar São Vicente de Paulo   …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *