Início / Notícias / Cleusa Salatta solicita delegada para a DDM

Cleusa Salatta solicita delegada para a DDM

Desde o começo do ano cargo está vago

 

A vereadora Cleuza Salatta (PSB) solicitou através do requerimento nº 10/2018, ao vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França (PSB), que interceda junto à Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo, para que seja designada em caráter de urgência uma nova delegada para assumir a Delegacia da Mulher de Matão, diante da vacância do cargo desde janeiro de 2018, quando a então delegada Dra. Maria Imaculada da Silva Ricolde, após longos anos de bons serviços prestados à comunidade matonense, se desligou de suas atividades à frente da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade ao se aposentar.

O empenho da vereadora por esta causa começou logo após ter conhecimento do desligamento da Dra. Imaculada da DDM de Matão, que em seguida protocolou na secretaria do Legislativo um requerimento solicitando ao vice-governador Marcio França, prioridade no assunto, tendo em vista que ambos são membros do mesmo partido.

A vereadora também ressaltou que “de acordo com dados da Polícia Civil, 90% dos casos de violência contra as mulheres, idosos e crianças, acontecem no âmbito doméstico e são consequências do uso abusivo do álcool e desestrutura familiar. O Brasil ocupa a sétima posição no número de violência contra a mulher em todo o planeta, conforme dados da ONU (Organização das Nações Unidas) e, embora muitos avanços tenham sido alcançados com a Lei Maria da Penha, ainda é, infelizmente, muito recorrente a violência contra a mulher. Esta vereadora sabe da importância de se ter uma delegada para atender esses tipos de ocorrências e continuará empenhada nesta causa a favor do município. As mulheres se sentirão mais confortáveis no momento de elaborar um boletim de ocorrência com a nova delegada”, declara Cleuza.

 

  • AIC

Veja Também

Mega-Sena segue acumulada e pode pagar r$ 35 milhões nesta quarta

A Mega-Sena acumula mais uma vez e pode pagar, nesta quarta, 20, o prêmio de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *