Início / Entretenimento / Cultura /  Dia da Mulher ganha tempero especial

 Dia da Mulher ganha tempero especial

Quem passa pelo km 319 da Rodovia Washington Luiz quer sempre dar uma paradinha no Sítio Santa Mônica, aqui pertinho, um pouco antes do Trevo do Turvo, para provar os deliciosos doces feitos por dona Ivone Tucci Ferreira, uma senhora carismática que acaba de completar 90 anos no último dia 4. Por isso, o JC Matão leva essa homenagem a todas as mulheres que, como dona Ivone, feito do Brasil, um lugar melhor para se viver.
Dona Ivone, carinhosamente chamada de “vó” por todos que a conhecem, é a matriarca da família Ferreira, e, se os doces fazem tanto sucesso, é devido ao tempero que dona Ivone coloca com tanto carinho nos seus quitutes, confeccionados em enormes tachos de cobre ali mesmo no fogão à lenha de sua cozinha.
A matriarca descobriu seu talento para preparar deliciosas refeições quando começou a cozinhar, há 80 anos. Com o tempo as comidas preparadas por dona Ivone começaram a fazer sucesso e sempre deixava um gostinho de quero mais em todos que provavam. Foi assim que ela resolveu comercializar seus famosos doces, há 60 anos, através de pedidos de amigos que por ali passavam e provavam suas gostosuras.
“Aprendi a receita do famoso doce de leite com a minha sogra e comecei a fazer para ajudar a sustentar minha família. Antigamente havia um pedágio aqui na Rodovia Washington Luiz, próximo ao sítio, onde os funcionários eram nossos amigos e sempre que nos visitavam me pediam para fazer os doces, comecei a fazer e eles levavam para vender nas cabines do pedágio”, afirma Dona Ivone.
Com o tempo, os doces começaram a fazer sucesso e o marido de dona Ivone, Luiz Ferreira, falecido em 2001, passou a levá-los para Araraquara, onde pessoas não somente da cidade, mas de toda a região começaram a apreciá-los. “Quem experimentava uma vez sempre voltava outros dias para comprar, conquistamos uma clientela fiel”, explica a matriarca.
A procura foi crescendo e os clientes começaram a vir até o sítio em busca dessas delicias. “A Maria Luiza Malzoni veio até aqui e nos contou que os doces faziam muito sucesso em Matão, foi assim que passamos a levar os doces para serem vendidos na cidade. Não colocamos nenhum conservante em nossa receita, todos os ingredientes são naturais”, ressalta dona Ivone.
No vigor de seus 90 anos dona Ivone não se descuida da produção e ainda mexe os enormes tachos de cobre. Tem doce de leite, em suas variedades, com ameixa e amendoim, bananada, goiabada, abóbora, cidra, laranja, mamão, entre outros.
Doces famosos
Os quitutes não fazem sucesso somente aqui na região, muita gente famosa já passou por lá, como Ana Maria Braga e Bruno e Marrone, seus doces já fizeram até parte da novela Esperança da Rede Globo. Recentemente a goiabada cascão produzida ali ficou entre as 10 melhores do estado de São Paulo em um ranking gastronômico feito pelo jornal Estadão. 
Mulheres da família
A matriarca ganhou a ajuda da nora, Vilma Ferreira, que hoje é quem está à frente de toda produção dos Doces Ferreira.
 Muitas pessoas que por lá passavam se deliciavam não somente com os doces, mas também com a comida caseira de dona Ivone e Vilma, tanto que as duas resolveram expandir a variedade de gostosuras produzidas no sítio e começaram a servir almoço aos domingos. Frango caipira, leitoa assada, pernil e aquela polenta de dar água na boca estão entre as delícias do cardápio.
No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher e nada melhor que essa data para prestarmos uma homenagem a todas as mulheres através da figura de dona Ivone. Essa mulher simpática e batalhadora, que conquista o paladar de todos que passam pelo sítio Santa Mônica com o seu doce tempero. Parabéns! 

Autor: Renata Bottura

Veja Também

Preparativos para o Corpus Christi estão a todo vapor

Este ano Matão comemora 70 anos da sua maior e mais tradicional festa, o Corpus …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *