Início / Notícias / Cidade / Em vídeo enviado à Câmara, prefeito Edinardo pede que seja instaurada Comissão Processante para apurar denúncia

Em vídeo enviado à Câmara, prefeito Edinardo pede que seja instaurada Comissão Processante para apurar denúncia

Prefeito diz que não teme nenhuma investigação, pois não deve. Prazo para conclusão é de até 90 dias

Na segunda-feira (10), a Câmara Municipal de Matão aceitou a solicitação de instauração de Comissão Processante (CP) para averiguar a denúncia e o pedido de cassação do mandato do prefeito Edinardo Esquetini.

O pedido foi feito pelo ex-vereador cassado Alexandre de Cinque por meio de ofício protocolado no Legislativo no dia 5 de setembro. Todos os vereadores aceitaram o pedido na sessão ordinária.

A reunião foi marcada pela presença de muitas pessoas, entre elas favoráveis e contrárias ao prefeito. Houve muita discussão entre o público que acompanhava a sessão, mas entre os vereadores não houve bate-boca.

Quando o assunto entrou em discussão, o vereador Agnaldo Navarro pediu para exibir no telão um vídeo em que Esquetini solicitou aos vereadores que votassem a favor da instauração da Comissão.

O prefeito justifica que é porque não deve e por isso nada teme. “Nenhum dos itens citados me preocupa. São indicações sem nexo, sem fundamentos, sem legalidade, mal redigidas, um levantamento que não tem relação nenhuma com um pedido de investigação”, afirma Esquetini.

Após a votação favorável à instauração, os vereadores fizeram um sorteio para compor os membros da Comissão, que são: Sonia Moura, presidente; Luiz Cerqueira, relator; e Agnaldo Navarro, membro.

A Comissão deve concluir o relatório final recomendando ou não a cassação em no máximo 90 dias, contados a partir da notificação do prefeito, que tem o prazo de 10 dias para apresentar sua defesa.

 

  • Natali Galvão

Veja Também

‘Almoço da Solidariedade’ reuniu cerca de 700 pessoas

Segunda edição do evento foi sucesso de público no Lar São Vicente de Paulo   …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *