Início / Notícias / Esportes / Equipe de Matão fica em 6° lugar na Copa São Paulo de Ciclismo 2018
Parte da equipe de Matão, que participou de todas as etapas e somou 278 pontos na competição (Divulgação)

Equipe de Matão fica em 6° lugar na Copa São Paulo de Ciclismo 2018

Técnico diz que foi a melhor colocação em uma edição da competição

A equipe SMELT (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Turismo)/Fecomércio, de Matão, conquistou a 6ª colocação na classificação geral final da Copa São Paulo de Ciclismo 2018, um dos principais campeonatos de ciclismo por etapas do Brasil. Os grupos de Ribeirão Preto, Araraquara, São Carlos, Jaú e Santa Bárbara d’Oeste alcançaram a 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª posição, respectivamente. O ranking é formado por 56 equipes.
A etapa de abertura da competição aconteceu no dia 25 de fevereiro, em Matão, e a etapa de ocorreu no dia 9 de dezembro, em São Carlos. Ao todo foram 11 etapas realizadas em diversas cidades do Estado de São Paulo. A equipe matonense foi composta por 20 ciclistas distribuídos em quatro categorias: Elite Feminina (19 a 29 anos), Sênior A (30 a 39 anos), Sênior B (40 a 49 anos) e Mountain Bike (livre idade).
Os ciclistas são: Claudemir Pecorari Oliveira, Erasto José Rigueiro Junior, Fabiano Luiz Gari, Flávio Roberto Sem Chechem, Gustavo Sebastião Bigolotti Gonçalves, João Henrique Marcheti, Jorge Severino de Moraes, José Maria Pereira (Maquininha), Junior Roberto Soares Malta, Luciano Aparecido da Silva, Marcelo Ambrósio Pascholino, Marcio Roberto Farinchon, Marcos Antonio Pereira, Jonas Masucatto, Regiane Aparecida Ziviani, Santiago dos Santos Rissi, André Vicentin, Sérgio de Oliveira, Weslei Mendes Ribas e William Camara de Almeida.
O grupo de Matão participou de todas as etapas e somou 278 pontos na competição, ficando em 6° lugar. As pontuações dos cinco primeiros colocados foram 1.100 (Ribeirão Preto), 565 (Araraquara), 515 (São Carlos), 468 (Jaú) e 431 (Santa Bárbara d’Oeste). “Conseguimos esse resultado por ter montado uma equipe boa, por ter conquistado mais experiência e também devido à dedicação e ao treinamento dos ciclistas”, explica o técnico José Maria Pereira (Maquininha).
Ele afirma ainda que essa foi a melhor colocação da equipe em uma Copa São Paulo de Ciclismo. “Essa não foi a primeira participação na competição e evoluímos bastante”, diz. A mesma equipe, ou talvez mude, vai disputar a Copa São Paulo de Ciclismo 2019, que terá início em fevereiro. “Vamos ver se conseguimos repetir esse resultado ou melhorar neste ano. A gente vai manter essa equipe, que está boa, ou talvez vamos contratar alguém para reforçar porque estamos disputando com grandes equipes do Estado, que têm profissionais que ganham para isso, o que não é o caso da equipe de Matão, que compete para representar a cidade e porque gosta”, conclui.

• Natali Galvão

Veja Também

Mourão: tempo de contribuição de militares pode ser maior com reforma

O presidente em exercício, general Hamilton Mourão, afirmou hoje (20) que o tempo de serviços …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *