Início / Notícias / Matão avança 428 posições no ranking do Programa Município VerdeAzul em dois anos
Equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos após a coletiva de imprensa, no gabinete do prefeito (Alessandro Leite)

Matão avança 428 posições no ranking do Programa Município VerdeAzul em dois anos

Cidade recebeu o Certificado Município VerdeAzul em 2018

A Prefeitura de Matão, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos, realizou na tarde desta quinta-feira (10) uma coletiva de imprensa no gabinete do prefeito para anunciar oficialmente a certificação de Matão no Programa Município VerdeAzul (PMVA) em 2018.
Participaram do evento o prefeito Edinardo Esquetini, o vice-prefeito Moacir Matturro, o secretário de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos, Marcos Nascimento; o diretor da Divisão de Resíduos Sólidos, Marcelo Favaro Orvietti; o presidente da Câmara, Luis Manzini; os vereadores Agnaldo Navarro, Sonia Moura e Ednaldo Leão da Rocha (Nau), além de outros secretários e diretores.
O secretário Marcos Nascimento afirmou que a cidade estava na 478ª (quadragésima septuagésima oitava) posição em 2016 e que em 2017, primeiro ano de sua gestão à frente da Secretaria, o município avançou para 172ª (centésima septuagésima segunda) colocação. A satisfação do secretário foi maior em 2018, quando Matão subiu para o 50° (quinquagésimo) lugar.
“Foi uma surpresa ouvir o nome de Matão quando chegou na 53ª posição, na cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, no dia 20 de dezembro do ano passado. Depois fui comunicado de que houve um erro e que a cidade na verdade ficou em 50° lugar. Fiquei ainda mais feliz. Esse foi o resultado de muito trabalho de toda a equipe da Secretaria de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos, criada no governo do prefeito Edinardo Esquetini, que contou com o apoio das outras Secretarias nas ações realizadas. Vamos continuar trabalhando e nos empenhando ainda mais para conseguir avançar nos próximos anos”, afirma Marcos Nascimento.
O prefeito Edinardo Esquetini destacou o avanço de 428 posições no ranking. “Uma cidade que sai da posição 478, vai para a posição 172 e depois para a posição 50 é algo significativo que merece uma reflexão porque é muito importante, por isso fizemos essa coletiva de imprensa. Fiquei muito feliz quando recebi a ligação do secretário Marcos Nascimento avisando que o município foi certificado. Quero parabenizar a todos que se empenharam para obter esse resultado”.
O secretário disse ainda que 10 diretivas foram analisadas na pontuação da cidade: arborização urbana, biodiversidade, conselho ambiental, esgoto tratado, estrutura e educação ambiental, gestão das águas, município sustentável, qualidade do ar, resíduos sólidos e uso do solo. Falou também que Matão só não ficou em uma posição melhor no ranking por causa do problema que vem se arrastando há 30 anos de descarte irregular de lixo na Pedreira Municipal, que penaliza o município com multas altas. “Fizemos um projeto para implantar um parque na Pedreira que resolveria o problema e enviamos para a Câmara votar, mas infelizmente o projeto foi reprovado. Se o parque tivesse sido implantado, Matão poderia ficar em uma das 10 primeiras posições no ranking”.
Mas um novo projeto deve ser enviado ao Legislativo, após os vereadores presentes na coletiva de imprensa sinalizarem que o mesmo pode ser aprovado se for mais “transparente” e “melhor estudado” antes da votação. A posição do município nos primeiros lugares do ranking do PMVA possibilita o recebimento de recursos do Fecop (Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição) e abre as portas da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo e do Ministério do Meio Ambiente para captação de recursos através de projetos a serem apresentados a esses órgãos.

• Natali Galvão

Veja Também

Mourão: tempo de contribuição de militares pode ser maior com reforma

O presidente em exercício, general Hamilton Mourão, afirmou hoje (20) que o tempo de serviços …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *