Início / Notícias / Cidade / Matão foi às urnas para eleger seus representantes no último domingo

Matão foi às urnas para eleger seus representantes no último domingo

Jair Bolsonaro, João Doria, Major Olimpio, Mara Gabrilli, Eduardo Bolsonaro e Janaina Paschoal foram os mais votados na cidade

Os candidatos que receberam a maioria dos votos em Matão, no último domingo (7), foram: Jair Bolsonaro (PSL) para presidente, com 24.195 (54,99%); João Doria (PSDB) para governador, com 15.055 (39,72%); Major Olimpio (PSL) e Mara Gabrilli (PSDB) para senadores, com 15.170 (23,04%) e 13.292 (20,19%); Eduardo Bolsonaro (PSL) para deputado federal, com 3.776 (9,81%); e Janaina Paschoal para deputada estadual, com 4.400 (11,60%).
Desses, foram eleitos no primeiro turno: os senadores Major Olimpio (PSL) com 9.039.523 (25,81%) e Mara Gabrilli (PSDB) com 6.513.138 (18,59%), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) com 1.843.735 (8,74%) e a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL) com 2.060.786 (9,88%).
O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) vai disputar o segundo turno com Fernando Haddad (PT), segundo mais votado em Matão, com 7.341 (16,59%). Por receber mais da metade dos votos, se dependesse apenas do eleitorado matonense, o candidato do PSL venceria no primeiro turno.
Na sequência, os mais votados para presidente na cidade foram: Geraldo Alckmin (PSDB) com 4.683 votos (10,64%), Ciro Gomes (PDT) com 4.096 (9,31%), João Amoêdo (NOVO) com 1.929 (4,38%), Henrique Meirelles (MDB) com 480 (1,09%), Cabo Daciolo (PATRIOTA) com 407 (0,93%), Alvaro Dias (PODEMOS) com 332 (0,75%), Marina Silva (REDE) com 280 (0,64%), Guilherme Boulos (PSOL) com 217 (0,49%), Eymael (DC) com 17 (0,04%), João Goulart Filho (PPL) com 11 (0,03%) e Vera (PSTU) com 7 (0,02%).
Com Geraldo Alckmin na terceira colocação no ranking dos mais votados, é a primeira vez em 12 anos que o PSDB não tem seu candidato à presidência recebendo a maioria dos votos em Matão no primeiro turno. Em 2006, Alckmin foi o mais votado com 24.693 (55,29%), vencendo o candidato do PT, Lula, que obteve 17.040 (38,15%). Em 2010, José Serra recebeu 20.846 (44,45%), vencendo a petista Dilma Rousseff, que obteve 17.363 (37,03%). Na eleição de 2014, Aécio Neves recebeu 22.031 (47,85%), vencendo Dilma Rousseff, que obteve 11.909 (25.87%).
O candidato ao governo do Estado João Doria (PSDB) vai disputar o segundo turno com Marcio França (PSB), terceiro mais votado em Matão, com 6.179 (16,30%). O segundo mais votado no município foi Paulo Skaf (MDB), com 7.382 (19,47%), mas em nível estadual Skaf ficou atrás de França com uma diferença de 89.133 votos.
Na sequência, os mais votados para governador no município foram: Luiz Marinho (PT) com 4.835 (12,75%), Major Costa e Silva (DC) com 1.452 (3,83%), Rodrigo Tavares (PRTB) com 1.381 (3,64%), Rogerio Chequer (NOVO) com 915 (2,41%), Professora Lisete (PSOL) com 656 (1,73%), Professor Claudio Fernando (PMN) com 39 (0,10%) e Toninho Ferreira (PSTU) com 13 (0,03%).

Senado Federal

Os candidatos a senadores Major Olimpio (PSL) e Mara Gabrilli (PSDB) receberam a maioria dos votos em Matão: 15.170 (23,04%) e 13.292 (20,19%), respectivamente, e foram eleitos pelo Estado de São Paulo para as duas vagas disponíveis. Os mais votados em seguida foram: Eduardo Suplicy (PT) com 7.751 (11,77%), Tripoli (PSDB) com 7.140 (10,84%), Maurren Maggi (PSB) com 6.031 (9,16%), Jilmar Tatto (PT) com 3.872 (5,88%), Marcelo Barbieri (MDB) com 3.750 (5,69%), Diogo da Luz (NOVO) com 3.483 (5,29%), Mario Covas Neto (PODEMOS) com 2.384 (3,62%), Cidinha (MDB) com 712 (1,08%), Professora Silvia Ferraro (PSOL) com 676 (1,03%), Educador Daniel Cara (PSOL) com 601 (0,91%), Antonio Neto (PDT) com 471 (0,72%), Moira Lázaro Mandato Coletivo (REDE) com 237 (0,36%), Pedro Henrique de Cristo (REDE) com 189 (0,29%), Dra. Eliana Ferreira (PSTU) com 62 (0,09%) e Mancha (PSTU) com 29 (0,04%).
Com o resultado das eleições, o Senado Federal terá 46 novos senadores, o que corresponde a 85% do total de 54 vagas.

Câmara dos Deputados

O candidato a deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) recebeu a maioria dos votos em Matão: 3.776, o que equivale a 9,81%. Ele foi eleito e é o deputado federal mais votado da história. Os 14 mais votados na sequência foram: Geninho Zuliani (DEM) com 3.132 (8,14%), Joice Hasselmann (PSL) com 2.110 (5,48%), Baleia Rossi (MDB) com 1.970 (5,12%), Arlindo Chinaglia (PT) com 1.854 (4,82%), Luiz Carlos Motta (PR) com 1.753 (4,56%), Lobbe Netto (PSDB) com 1.499 (3,90%), Arnaldo Jardim (PPS) com 1.003 (2,61%), Kim Kataguiri (DEM) com 906 (2,35%), Vanderlei Macris (PSDB) com 850 (2,21%), Tiririca (PR) com 719 (1,87%), Capitão Augusto (PR) com 680 (1,77%), Alexandre Padilha (PT) com 678 (1,76%), Celso Russomanno (PRB) com 630 (1,64%) e Dr. Yussif (PSDB) com 533 (1,38%). Com exceção dos tucanos Lobbe Neto e Dr. Yussif, todos foram eleitos.
A Câmara dos Deputados terá a maior renovação dos último 20 anos: 47%. Dos 513 eleitos, 243 deputados são de primeiro mandato.
Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

A candidata a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL) recebeu a maioria dos votos em Matão: 4.400, o que corresponde a 11,60%. Ela foi eleita e é a deputada estadual mais votada da história. Os 14 mais votados em seguida foram: Roberto Massafera (PSDB) com 4.216 (11,12%), Rogério Nogueira (DEM) com 3.447 (9,09%), Marcos Zerbini (PSDB) com 2.535 (6,68%), Marcia Lia (PT) com 2.514 (5,05%), Orlando Bolçone (PSB) com 1.096 (2,89%), Arthur Mamãe Falei (DEM) com 889 (2,34%), Professora Bebel (PT) com 648 (1,71%), Sebastião Santos (PRB) com 571 (1,51%), Itamar Borges (MDB) com 508 (1,34%), Professor Walter Vicioni (MDB) com 482 (1,27%), Reinaldo Alguz (PV) com 419 (1,10%), Major Mauro (PR) com 400 (1,05%) e Marco Vinholi (PSDB) com 381 (1,00%). Todos foram eleitos, exceto Roberto Massafera, Orlando Bolçone, Professor Walter Vicioni, Major Mauro e Marco Vinholi.
A Assembleia Legislativa de São Paulo terá 51 novos deputados estaduais eleitos, o que corresponde a 55% do total de 94 vagas.

Propaganda eleitoral e segundo turno

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV começa nesta sexta-feira (12) e vai até dia 26 de outubro, antevéspera da votação do segundo turno, que é domingo (28). Os programas serão transmitidos de segunda-feira a sábado, em dois horários por dia. Os candidatos a presidente terão 5 minutos cada um para divulgar suas propostas. No rádio: das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10. Na TV: das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. Os candidatos ao governo também terão 5 minutos cada um. No rádio: das 7h10 às 7h20 e das 12h10 às 12h20. Na TV: das 13h10 às 13h20,e das 20h40 às 20h50.

 

  • Natali Galvão

Veja Também

Corpo de Bombeiros de Matão tem novo comandante

1º tenente PM Cássio Koitsi H. da Luz está à frente da corporação há dois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *