Início / Entretenimento / Decoração / O vidro como revestimento

O vidro como revestimento

Utilizar o vidro como revestimento de parede já virou moda! Os ambientes em que revestimos as paredes são os mais variados, desde a cozinha á banheiros, salas, quartos e hall de entrada. Independente da forma e o motivo de utilização, o vidro é muito procurado pelos profissionais e até pelos próprios clientes quando o assunto é beleza. É um elemento que pode trazer muitos benefícios ao visual do ambiente dando a sensação de espaço, leveza e equilíbrio. Além da facilidade de limpeza e da luminosidade, as placas de vidro possuem vantagens como o bom custo-benefício, a variedade de cores e estilos, a rapidez de instalação, o isolamento térmico e acústico, a resistência à abrasão, à umidade, as infiltrações, ao desbotamento pela ação do sol e da chuva. E por ser um material que reflete luz, confere ao ambiente, luminosidade o qual pode ser mais intensificado através de iluminação pontual.

Possuem diversos acabamentos (bisotado, filetado, lapidado, espelhado), cores e até “estampas”, pois o último pode ser adquirido através de um papel de parede, adesivo, películas ou fotos, inseridos atrás dos vidros.

A superfície que vai receber o vidro deve ser plana, as paredes devem estar em perfeito estado, ou seja as paredes com tinta descascando, concreto com infiltração, pinturas antigas ou de má qualidade e outras situações que prejudiquem a colagem devem ser corrigidas antes de se fazer a instalação. A superfície que vai receber o vidro deve, pelo menos, estar rebocada, com a massa aplicada e pintada com tinta látex ou acrílica, assim como a superfície do vidro deve estar limpa.

A fixação pode ser feita através de fitas adesivas especificas para vidro. E a espessura mínima é de 4mm. Com exceção para locais próximos ao fogão, que são os vidros temperados submetidos a testes de resistência ao calor, os aramados ou vidros laminados compostos por várias lâminas intercaladas com material químico transparente e rígido.

Existem diversos tipos de vidros que podem ser usados como revestimentos. E os preços variam de acordo com a espessura, com a vidraçaria e o vidro escolhido. Os transparentes e pintados a frio são mais baratos que os coloridos, serigrafados e laminados. Porém os dois últimos são mais resistentes. O vidro pode ser usado tanto para revestir uma parede toda ou somente como painéis.

Veja Também

Como escolher o rodapé ideal

Por Sheilla Moraes – Designer de Interiores   O rodapé deixou de ser um mero …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *