Início / Notícias / Cidade / Prefeitura assina expansão da Univesp

Prefeitura assina expansão da Univesp

Esquetini também participou do lançamento do Selo Parceiro Univesp, além de assinar convênio para aquisição de um ônibus escolar

O prefeito Edinardo Esquetini esteve em São Paulo na terça, 3. Na oportunidade, entregou documentação para construção de mais uma creche em Matão, assim como assinatura para expansão e continuidade da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo). Na Secretaria Estadual de Educação, o prefeito realizou a assinatura de um convênio para aquisição de um ônibus escolar, por meio de esforços do secretário de Educação, João Cury. Do ato, participou o coordenador da Secretaria de Educação, Julio César Forte Ramos (Julinho).
Em evento no Palácio dos Bandeirantes, Esquetini assinou um convênio para expansão dos cursos da Univesp e, junto com a secretária de Educação e Cultura, Adriana Marangoni, e a coordenadora da Universidade Aberta do Brasil (UAB), Mara Olivia Cavicchioli Pontes, participou do lançamento do ‘Selo Parceiro Univesp’. Este certificado é concedido às prefeituras, universidades, empresas e entidades que atuam em conjunto com a instituição para oferecer educação superior à distância.
O governador Márcio França também estava presente assinando os convênios com cerca de 230 municípios que implantaram novos polos em 2018 da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), sendo 143 no 1º semestre e 87 no 2º semestre, além de apresentar o novo modelo pedagógico. Do ato, participaram a presidente da Univesp, Fernanda Gouveia, o deputado estadual Orlando Bolçone, entre outras autoridades.
De acordo com o prefeito Edinardo Esquetini, Matão conseguiu uma grande conquista trazendo essa união das três universidades públicas do Estado em um único projeto para o polo da UAB de Matão. “Agradeço muito ao atual governador Márcio França e ao anterior Geraldo Alckmin por oferecer esta oportunidade de aprendizado à população. É gratificante ver o nosso município recebendo cursos das instituições Unicamp, USP e Unesp, possibilitando que as pessoas se formarem de uma forma gratuita e com qualidade de ensino, dando capacidade e aptidão aos alunos de ingressar no mercado de trabalho”, explica.

Modelo pedagógico
Em junho de 2018, a universidade deu início à implantação do novo modelo pedagógico, com a abertura do processo de seleção para a contratação de 1.100 mediadores presenciais e 94 supervisores. Estes serão responsáveis pelo acompanhamento e monitoramento dos cursos de graduação da Univesp. As atribuições serão realizadas em 40 horas semanais. O profissional acompanhará as atividades discentes virtuais conforme cronograma do curso, orientará os mediadores de ensino nas publicações nos fóruns e em diversas atividades, entre elas, nas iniciativas presenciais com os alunos, no plano de estágio e Projeto Integrador.
Já o mediador presencial também deverá dispor de 40 horas semanais e realizar a interlocução e a comunicação dos conteúdos programáticos entre o autor da disciplina e os estudantes, acompanhar o desenvolvimento das atividades discentes presenciais e virtuais conforme cronograma, estabelecer contato permanente com os estudantes por meio da plataforma AVA e orientar grupos de forma presencial e online, no desenvolvimento de atividades acadêmicas avaliativas. | AIP

“Foto07”

Veja Também

Detran.SP orienta imigrantes e refugiados como tirar a CNH

Candidatos precisam ser habilitados no país de origem; no Estado de SP, portugueses lideram ‘ranking’ …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *