Início / Notícias / Cidade / Programa ‘Parceria Votorantim pela Educação’ encerra suas atividades

Programa ‘Parceria Votorantim pela Educação’ encerra suas atividades

Desde o início do ano, várias ações foram propostas pela Secretaria de Educação e Cultura com mobilizadores da comunidade que representam bairros da cidade, para a revitalização de pátio, jardins, salas, espaços de escolas e creches municipais. Esses trabalhos foram desenvolvidos por meio da Parceria Votorantim pela Educação (PVE), um trabalho conjunto promovido pelo Grupo Votorantim, representado pela Citrosuco, e Prefeitura de Matão. As atividades tiveram o propósito de melhorar o ambiente escolar, qualificando as práticas de gestão educacional e envolvendo a mobilização de profissionais da educação e comunidade.

Durante o ano, o programa foi desenvolvido em 27 escolas municipais, sendo 18 creches, 21 EMEIs, cinco escolas de ensino fundamental e uma de ensino médio. Foram mais de 6 mil alunos, pais, professores, equipes escolares, familiares e a comunidade envolvidos nas mobilizações. O tema desenvolvido foi ‘Espaços públicos como ambientes de aprendizagem’ e as principais atividades realizadas foram plantio de árvores, pintura e utilização de pneus em jardins, pintura decorativa, revitalização de parque, arte em grafite, contação de histórias, dança ritmos (zumba), feirinha de adoção de animais, construção de jardins literário, casinha de brinquedos, gibitecas, bancos e apresentações culturais. O trabalho viabilizou iniciativas transformadoras, abrindo espaço para a cultura local, dando voz às crianças e jovens, além de promover o real encontro da comunidade com a escola.

E depois de tantas atividades, a ‘Parceria Votorantim pela Educação’ encerrou seus trabalhos em 2017 com uma cerimônia no ginásio de esportes da escola municipal ‘Antonio Carlos Manzini’ na terça, 21. Na ocasião, estiveram presentes o prefeito Edinardo Esquetini, o vice Moacir Matturro, a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Viviane Esquetini, a secretária de Educação e Cultura, Profa. Dra. Débora Milani, a diretora da unidade, Ivete Socorro Nascimento Mira, a aluna Ana Clara Menezes, representante de todos os alunos envolvidos no projeto, a gerente do Departamento de Responsabilidade Social da Citrosuco, Margareth Ribeiro da Silva (Margô), e o representante do grupo de mobilizadores do PVE e Rotary Clube de Matão, Miguel Sabbat. Também participaram do evento os secretários de Assistência e Desenvolvimento Social, Antonio Carlos Rondanin (Carlão), de Serviços Municipais, Sidinei Calabres (China), e de Esportes, Lazer, Turismo e Juventude, Sebastião Trigo, os vereadores Luiz Mansini e Cleuza Salatta, o diretor do IFSP (Instituto Federal de São Paulo – campus Matão), Christiann Davis Tosta, a diretora da faculdade Anhanguera, Rita da Graça Candido Cavichioli, e o presidente do Sincomércio, Antonio Giannini, além de familiares, diretores e funcionários públicos, equipe da Secretaria de Educação e Cultura, imprensa local e outras autoridades.

Na oportunidade, o grupo ‘Matão Mais Verde’ foi homenageado pelo trabalho de preservação do meio ambiente, com feita a entrega de uma muda de ipê branco ao representante do grupo, Antônio Carlos Bandelli. Todas as escolas participantes do projeto receberam uma placa certificando as atividades do programa e foi apresentado ainda um videodocumentário do PVE que retratou as conquistas, homenageando o trabalho desenvolvido nas escolas de Matão. Após o vídeo, aconteceu a entrega de certificados aos 14 projetos do desafio ‘Criativos da Escola’, que reconhece ações protagonizadas pro crianças e jovens apoiados por seus educadores para transformar suas escolas e comunidades.

Os projetos inscritos foram: ‘Espaço Liter Arte’ (Projeto Pescar); ‘Recreio em Ação’ (EM Adelino Bordignon); ‘Horta Solidária’ (EMEF Profa. Helena Borsetti); ‘Modernidade e aplicabilidade para compostagem’, ‘Tartaluzes’, ‘Abril Verde’ e ‘APP Ação Comunitária’ (Etec ‘Sylvio de Mattos Carvalho’); ‘Flores do Paraíso’ (Casa do Pequeno Cidadão – Paraíso); ‘Recreio Dirigido’ (EMEF ‘Celso de Barros Perche’ – CAJU); ‘Agora é sua vez’ e ‘Meu lixo é problema nosso’ (EMEF Prof. Antonio Carlos Manzini); ‘Ele foi detectado? Piolho!’ e ‘Diversidade’ (Casa do Pequeno Cidadão – Vila Pereira); ‘Aprendendo com as brincadeiras’ (EMEF Profa. Benta Maria Ragassi Scutti – CAIC). Destes 14 projetos, os três pré-selecionados por uma comissão de São Paulo foram ‘Espaço Liter Arte’, ‘Recreio em Ação’ e ‘Horta Solidária’. O destaque do desafio ‘Criativos da Escola’, que recebeu um troféu, foi o ‘Espaço Liter Arte’, do projeto Pescar.

Margô destacou a celebração do PVE como o resultado de todo esforço realizado durante o ano. “Este programa é motivo de muita alegria por contar com todo engajamento da comunidade de Matão. A parceria tem um tripé envolvendo poder público, empresa privada e população. Quando há equilíbrio, tudo funciona”.

Segundo Débora Milani, a ‘Parceria Votorantim pela Educação’ envolveu não apenas os profissionais do setor, mas também os estudantes e a comunidade de forma muito participativa, garantindo um desenvolvimento cultural, social e educacional. “A conclusão deste quarto ciclo é o encerramento do programa e sabemos que houve sucesso por conta da união de todos os envolvidos. Com base em um levantamento que tínhamos feito no começo do mandato, a revitalização das escolas com dinheiro público seria um gasto muito grande e não teríamos condições para fazer isso. Com a ajuda dos voluntários e mobilizadores conseguimos recuperar praticamente 100% destes espaços públicos dentro das instituições escolares”, explica.

O prefeito Edinardo Esquetini afirmou que a união da família, escola, governo, empresa e comunidade tem sido indispensável, pois garante aos alunos educação de qualidade. “Queremos agradecer à empresa Citrosuco, do grupo Votorantim, por ter feito esta parceria, que foi de fundamental importância para que pudéssemos fazer as melhorias. Agradeço também a Secretaria de Educação, a direção das escolas, coordenadores e professores que realizaram um trabalho gratificante e que melhora o ensino, aprendizagem, rendimento das crianças e jovens nas escolas. E precisamos parabenizar os pais, que participaram de uma forma muito ampla no desenvolvimento deste projeto, por conta da integração com seus filhos, melhorando as relações familiares e fortalecendo essa ponte que precisa existir entre família e escola”.

 

  • AIP

Veja Também

‘Coral Menino Jesus’ celebrou o lançamento de CD e Dvd

Noite mágica aconteceu na Matriz do Senhor Bom Jesus   Na terça, 12, aconteceu o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *