Início / Notícias / Retorno do feriado em SP movimenta estradas, rodoviárias e aeroportos

Retorno do feriado em SP movimenta estradas, rodoviárias e aeroportos

O trânsito na capital paulista deve ficar intenso com o retorno de veículos que viajaram no feriado estadual prolongado da Revolução Constitucionalista. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), aproximadamente 1,8 milhão de veículos deixaram a cidade em direção ao litoral e ao interior do estado.

O movimento também será intenso no Aeroporto Internacional de Guarulhos, com mais de 658 mil passageiros estimados entre os dias 6 e 10 de julho. Em média, devem passar pelos saguões do aeroporto cerca de 131 mil pessoas. Hoje, 9, a expectativa é de movimentação de 136 mil passageiros.

Os terminais rodoviários Tietê, Barra Funda e Jabaquara recebem 598 mil passageiros no período do feriado. As cidades mais procuradas foram as do litoral paulista e do interior, além de Curitiba e Rio de Janeiro. Foram disponibilizados, inicialmente, 100 ônibus extras.

Rodovias

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) informou que as concessionárias que administram rodovias estaduais também esperam aumento do fluxo. No Sistema Anchieta-Imigrantes são esperados entre 180 mil e 300 mil veículos retornando do litoral. O tráfego deve se intensificar na manhã de hoje, 9, a partir das 11h, quando está prevista a implantação da Operação Subida (feita pelas duas pistas da rodovia dos Imigrantes e pela pista norte da via Anchieta), que permanecerá em vigor até as 22h.

O Sistema Anhanguera-Bandeirantes, que leva ao interior do estado, espera receber 690 mil veículos. Para a viagem de retorno, o período de maior fluxo será entre 15h e 20h de hoje. As rodovias Castello Branco e Raposo Tavares devem receber 510 mil carros, com tráfego intenso hoje das 10h às 23h.

O Rodízio Municipal de Veículos está suspenso hoje para veículos de passeio e caminhões. Também estão liberadas as demais restrições na cidade: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF).

Veja Também

‘Almoço da Solidariedade’ reuniu cerca de 700 pessoas

Segunda edição do evento foi sucesso de público no Lar São Vicente de Paulo   …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *