Início / Notícias / Geral / São Paulo será a sede do Fórum Econômico Mundial para a América Latina em 2018

São Paulo será a sede do Fórum Econômico Mundial para a América Latina em 2018

A cidade de São Paulo vai sediar, no próximo ano, o Fórum Econômico Mundial para a América Latina (WEF), também conhecido como Mini Davos. O contrato para a realização do evento na capital foi assinado na tarde de segunda, 5, no Palácio dos Bandeirantes, pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Marcos Pereira; o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o prefeito de São Paulo, João Doria, e a diretora do Fórum para a América Latina, Marisol Argueta de Barillas. É a segunda vez que São Paulo sedia o Fórum Econômico Mundial para a América Latina. A primeira ocorreu em 2006. A última vez que o Brasil sediou o evento foi em 2011, no Rio de Janeiro.

O evento está marcado para os dias 13,14 e 15 de março, com o tema principal “América Latina num ponto de inflexão: formando uma nova narrativa”.

Segundo Marisol Argueta, o evento deve contar com a participação de 750 líderes de todo o mundo nos setores privado e público e da sociedade civil. “Vamos estar em um momento de reflexão importante para a América Latina, quando oito países da região vão eleger os seus presidentes. E há a necessidade de encontrar novas fontes de crescimento econômico para levar bem-estar social para a população latino-americana”, disse.

Durante a reunião para a assinatura do contrato, foram discutidos temas que deverão ser incluídos na programação do Fórum. Segundo Ana Paula Fava, chefe da Assessoria Especial para Assuntos Internacionais, a quarta Revolução Industrial será um dos assuntos que serão discutidos. Um grupo de trabalho será criado para coordenar e implementar os preparativos para o evento.

“Gostaria de destacar, em relação ao Fórum, que nós já o sediamos em 2006. Foi um grande sucesso aqui em São Paulo e, a partir de 2006, esse encontro passou a ser anual”, disse o governador. “É um momento desafiador para o mundo inteiro com os avanços da ciência, da tecnologia, da quarta Revolução Industrial e seu impacto no emprego e novas relações de trabalho”, disse.

“O evento está bem organizado do ponto de vista de conteúdo. Terá uma alta representação de chefes de estado latino-americanos e, talvez, até de outras nações, e com a participação expressiva de líderes empresariais brasileiros, latino-americanos e mundiais”, adiantou Doria.

O Fórum Econômico Mundial é uma organização internacional sediada em Genebra, na Suíça. O Fórum ocorre anualmente na cidade suíça de Davos. A próxima edição será em janeiro de 2018.

Veja Também

Inflação pelo Índice Geral de Preços cai de 0,49% para 0,24%

O Índice Geral de Preços–10 (IGP-10) teve uma inflação de 0,24% em novembro em todo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *