Início / Notícias / Cidade / Alunos da Escola Chlorita visitam a CMS
Estudantes são do 2° ano do ensino médio e a visita aconteceu nos dias 8, 9 e 10 de maio (Divulgação)

Alunos da Escola Chlorita visitam a CMS

Estudantes assistiram a uma palestra e a um vídeo institucional antes de fazerem um tour pelo local

Nos últimos dias 8,9 e 10, alunos do 2° ano do ensino médio da Escola Estadual “Professora Chlorita de Oliveira Penteado Martins” visitaram a Companhia Matonense de Saneamento (CMS) para conhecer o tratamento do esgoto doméstico realizado em Matão.
Os estudantes assistiram a uma palestra e a um vídeo institucional, através dos quais receberam informações sobre a concessionária. Posteriormente fizeram um tour pelo local para conhecerem, na prática, o processo de tratamento do esgoto.
Jean Henrique Tassi, de 16 anos, afirma que a visita ficou acima da sua expectativa, deu nota de 8 a 10 para o vídeo e não teve dificuldades para entender a palestra. A organização, limpeza, infraestrutura, qualidade visual da água tratada e simpatia dos colaboradores foram bem avaliadas pelo estudante.
“Considero o tratamento do esgoto muito importante para o meio ambiente. Achei a visita muito importante. Mudou minha maneira de pensar sobre o meio ambiente porque é uma parte importante do planeta que precisa ser cuidada. Cuidem do meio ambiente e se aliem à tecnologia. Ela transformará o planeta”, afirma.
Natielly Caroline Pieneconta, de 17 anos, diz que a visita ficou acima da sua expectativa, deu nota de 8 a 10 para o vídeo e não teve dificuldades para entender a palestra. A organização, limpeza, infraestrutura, qualidade visual da água tratada e simpatia dos colaboradores foram bem avaliadas pela estudante.
“Considero o tratamento muito importante porque traz o entendimento, o que é bom para todos. Achei a visita muito importante. Mudou minha maneira de pensar sobre o meio ambiente porque traz uma maneira diferente de pensar sobre consumo, etc… A tecnologia e o meio ambiente são semelhantes. O meio ambiente com toda a sua abundância ajuda ao desenvolvimento da ciência, fazendo assim o bem ao próximo”, diz.
Yasmim de Souza Moura, de 17 anos, revela que a visita ficou acima da sua expectativa, deu nota de 8 a 10 para o vídeo e não teve dificuldades para entender a palestra. A organização, limpeza, infraestrutura, qualidade visual da água tratada e simpatia dos colaboradores foram bem avaliadas pela estudante.
“Considero o tratamento muito importante porque assim há menos poluição e prejuízo à saúde. Achei a visita muito importante. Mudou minha maneira de pensar sobre o meio ambiente porque ao observar as etapas do tratamento consegui compreender melhor o quanto ele é importante. Faça da tecnologia uma melhoria para o meio ambiente”, conclui.

• Natali Galvão

Veja Também

Com jogadores de Matão, Sertãozinho estreia domingo no Campeonato Paulista Sub 11

Bruno Henrique Manzini, Felipe de Paula Pereira e Murilo Henrique Castro Silva, de 10 anos, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *