Início / Notícias / Cidade / Saúde realiza sua 8ª Conferência Municipal

Saúde realiza sua 8ª Conferência Municipal

“A Consolidação do SUS para manutenção do Direito à Saúde” foi o tema debatido entre os profissionais da área este ano”

 Na última sexta-feira (12),a Prefeitura de Matão realizou a 8ª Conferência Municipal de Saúde – Democracia e Saúde. O tema central deste ano foi “A Consolidação do SUS para manutenção do Direito à Saúde” e contou com o palestrante Bruno Cobra, psicólogo de formação e apoiador do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo. Dentro do tema central, foram debatidos os seguintes eixos: Saúde como direito; Consolidação dos princípios do SUS; Financiamento adequado e suficiente para SUS; e Participação Social – cidadania, ética, direitos e deveres. O evento aconteceu no salão social da Paróquia Santa Cruz.

Bruno explica que a ideia do encontro foi debater e formular propostas para que as gestões municipal, estadual e nacional consigam alcançar o esperado, a sustentabilidade do SUS. “A ideia foi trabalhar temas ligados à consolidação do Sistema Único de Saúde, aos princípios e financiamento do SUS, que são temas que estamos recorrendo nas diversas etapas desta Conferência, tentando sensibilizar a população a respeito da importância do SUS, do quanto ele é vivo nas regiões de Saúde e do quanto produzimos e fazemos pela sustentabilidade do sistema”, fala.

Do ato, participaram o vice-prefeito Moacir Matturro representando o prefeito Edinardo Esquetini que estava em Brasília, o secretário da pasta, Dr. João Guimarães Junqueira Neto, e a mediadora da Conferência, Viviane Rocha Souza. Ainda estiveram presentes  colaboradores do Hospital Carlos Fernando Malzoni, enfermeiros, agentes de saúde dos ESFs, membros do Conselho Municipal de Saúde, secretários, diretores, alunos da ETEC ‘Sylvio de Mattos Carvalho’ e demais autoridades do município.

Dr. João explica a importância da 8ª Conferência Municipal de Saúde. “Debatemos vários temas importantes para a área da Saúde do nosso município principalmente com as pessoas que trabalham no SUS, na gestão municipal, e com representantes do DRS de Araraquara. Lembrando que o SUS é muito importante e essencial para o atendimento a população, sabemos que realmente falta muita coisa para melhorar e agilizar estes atendimentos. Antigamente não tínhamos a tecnologia e a medicação que temos hoje, tudo que o médico pode fazer ainda não está inserido no SUS, então acho que estas adaptações devem ser feitas e debatidas. Em Matão, todos os usuários do SUS são atendidos e o que podemos fazer para agilizar este processo burocrático e demorado nós fazemos, o nosso Hospital é referência estadual e temos 80% da cidade englobada por ESFs, sendo um marco no Brasil, então o SUS de Matão tem uma das melhores notas no país”, diz.

De acordo com Moacir Matturro, o evento reuniu cerca de 500 pessoas que estavam buscando uma solução para resolver um problema enfrentado no cotidiano. “Estive representando o prefeito Edinardo Esquetini, que estava em Brasília buscando recursos também para a Saúde, então é um orgulho para mim representá-lo. Falar de Saúde é muito difícil, porque temos a sensação de que estamos sempre devendo, porque as pessoas se aposentam e daí o dinheiro dá ou para comer ou para tomar remédio apenas. Por isso, é preciso que o poder público recorra e disponibilize para a população medicação de boa qualidade, necessária e de uso contínuo, pois é o que a Saúde precisa. Estivemos reunidos na Conferência porque é a única maneira de se resolver problemas. Só podemos realizar um sonho se for possível reunir todos os envolvidos na busca deste sonho!”, conclui.

• Assessoria de Imprensa

Veja Também

Evento de abertura da 72ª edição dos Jogos do Sesi acontece nesta sexta-feira

Início da solenidade está previsto para às 19h30 no Sesi. Evento é gratuito e aberto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *